Lucas pede socorro

Olá, eu sou o Lucas,

Como vocês podem ver minha vida não tem sido fácil, mas devido a uma briga entre nós caninos, ela (a vida) ficou bem pior. Eu já tive uma vida boa, mas por alguma razão que não me lembro no momento fui parar na rua como cão sem dono.

Um dia, uma família me adotou, é uma família até “boa”, o problema é que são irresponsáveis, imaturos e sem noção. Eles não cuidavam de mim e dos meus irmãos adotivos como deveria e não têm a menor noção de como nós animais precisamos de amor e carinho, como precisamos de um lugar limpo, alimentos adequados e água limpa, isso é só o básico….

Pois bem, minha vida que já não era lá essas coisas, ficou bem pior, pois além de não ser cuidado como deveria, um dia me envolvi em uma briga canina e infelizmente levei a pior. Minha orelha ficou gravemente ferida e como não foi cuidada, acabou dando bicheira. Sofri muito, pois os bichos estavam me comendo vivo. Eu cheirava mal. Um horror.

Todos tinham nojo de mim, me expulsavam, me chutavam, me jogavam água e outros coisas. As pessoas fugiam de mim, eu por outro lado vivia fugindo de outros cães para não apanhar mais e ficar mais ferido. Um dia uma moça falou para umas das protetoras que tinha um cãozinho na rua, mas não disse a ela que eu estava gravemente ferido e com bicheira.

O tempo foi passando….

Mas como Deus e São Francisco são bons e misericordiosos, eles fizeram com que eu encontrasse uma das protetoras (a mais brava) e ela veio até mim, mas eu com estava amedrontado, fugi.

Porém, ela não desistiu de mim, graças à Deus, ela foi atrás da minha vida pregressa e descobriu toda a situação que eu me encontrava, a triste vida que estava levando, tudo que eu estava passando e começou a me ajudar. A partir dai minha vida mudou completamente, só que desta vez para a melhor. Fiquei um tempo ainda com meus donos, mas lá não foi bom, eles me deixavam no sol, preso, sem água e comida. Eu gritava muito, porém agora a protetoras estavam de olho. A protetora mais briguenta fez um barraco, xingou, ameaçou, só faltou bater naquele “povo” sem noção, ela só não denunciou porque analisou a situação e não quis prejudicar eles (donos), já que a vida deles já está bem precária, vida miserável, para ser sincero…

Outras protetoras se envolveram e juntas elas se revisavam para me ajudar, fui levado ao veterinário, medicado e alimentado. Hoje estou temporariamente na casa de uma das protetoras sendo cuidado dia-a-dia. Estou cada vez melhor, meu ferimento está cicatrizando, tenho uma casinha limpa, comida e água fresca e limpa. Até engordei, kkkk

Meus irmãos adotivos estão sendo cuidado, uns já foram adotados, só eu espero um lar de amor e carinho. Alguém realmente goste de animais e não aquele fogo de palha que só dizem gostar de nós.

Pois, se não foi para sermos felizes, porque nascemos?

Beijo no coração,

Lucas

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s