Sobre HOMENS e GATOS… 

CULTURA LIVRE

casal- gato-BBrUYwW.jpg

Eu tive um gato que resgatei da rua, bem filhotinho, pele e osso, quase sem pelo, esfomeado. Batizei-o de Lion, numa apologia ao personagem dos Thundercats, desenho animado que tanto me encantava na adolescência.
Vacinei-o, castrei-o, comprei a melhor ração. Dei amor e carinho.
– Gato é traiçoeiro – as pessoas começaram a dizer.
– Melhor criar um cachorro, é mais fiel – arrematavam.
Os felinos têm um não sei quê que me fascina. Adoro cães, mas são muito previsíveis! Os gatos não pedem carinho nem são submissos. Eles se enroscam nas nossas pernas, ronronam carícias indecifráveis ao nosso ouvido e nos arrepiam como nenhum outro animal é capaz de fazê-lo.
Gatos são drogas, deixam-nos dependentes.
Às vezes, eles nos ignoram e nos desesperamos: “o que foi que eu fiz, meu Deus? Onde foi que eu errei?”. A resposta nunca vem. Mas aí ele sente fome ou quer atenção, então…

Ver o post original 184 mais palavras

Um comentário sobre “Sobre HOMENS e GATOS… 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s