País tem saldo positivo de US$ 32 milhões nas contas externas

Moroz Comunicação

Investimentos estrangeiros no País e saldo positivo na balança comercial colaboraram para resultado de setembro

Brasil tem saldo positivo de US$ 32 milhões nas contas externas Estrangeiros investiram US$ 7,8 bilhões no setor produtivo brasileiro em setembro – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

As contas externas brasileiras registraram saldo positivo em setembro. Segundo o Banco Central, houve um superávit de US$ 32 milhões, valor que foi influenciado principalmente pelo saldo positivo na balança comercial. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (25).

De acordo com o chefe-adjunto do Departamento de Estatísticas do BC, Renato Baldini, o agronegócio foi importante para o desempenho positivo do período. “Houve aumento nas exportações de milho, o destaque na balança comercial”, afirmou.

Esse levantamento do Banco Central também mostra o volume de investimentos estrangeiros no Brasil. Os que são classificados como produtivos, ou seja, que geram riqueza para o País, ficaram positivos em US$ 7,8 bilhões – número 16,9% maior que o registrado em setembro do ano passado.

Ver o post original 3 mais palavras

Ser digital — o comportamento humano como mercadoria

Cansado das barbáries terrestres,
o astrônomo vivia para o mundo da Lua.

Somos 7.6 bilhões a habitar esta errante bolota de pedra. De acordo com o portal statista.com 2.6 bilhões têm conta em alguma rede social (o Facebook, por exemplo, possui 2.23 bilhões de usuários ativos). Não é necessário recorrer a nenhuma ciência de foguete para conjecturar as possíveis direções dessa locomotiva desvairada: daqui a algumas décadas, toda a gente terá um telemóvel para chamar de seu, cada vez mais operações serão realizadas via rede web e isso faz pensar que os realizadores de filmes de zumbis não estavam assim tão distantes da realidade quando retrataram humanoides melancólicos a vagar algures com vistas a um horizonte invisível. No caso do Homo digital, fitar-se-á dispositivo de telecomunicação enquanto algoritmos (machine learning) oferecerem as devidas alternativas de: 1) consumo; 2) em quem votar nas próximas eleições; 3) por quem…

Ver o post original 76 mais palavras

Crítica – Podres de Ricos (2018)

Blog do Rogerinho

Crazy Rich Asians

Comédia romântica asiática

  Rachel Chu (Constance Wu) é uma professora de economia nos EUA e namora com Nick Young (Henry Golding) há algum tempo. Quando Nick convida Rachel para ir no casamento do melhor amigo, em Singapura, ele esquece de avisar à namorada que, como herdeiro de uma fortuna, ele é um dos solteiros mais cobiça dos do local, colocando Rachel na mira de outras candidatas e da mãe de Nick, que desaprova o namoro. Típico romance de sessão da tarde, em vez de afro-descendentes ou caucasianos, apenas asiáticos. Uma viagem cultural e gastronômica deliciosa (por isso, assista depois do almoço), pelas principais cidades industriais asiáticas onde o capitalismo prospera, como Singapura e Hong Kong e ilhas paradisíacas. Ricos de berço que agem com naturalidade sem parecer pedante, diferente do soberbo novo rico que gosta de se mostrar as posses aos outros.

Podres de Ricos. Direção: Jon M. Chu (Crazy Rich Asians, EUA, 2018, 120min.12 anos. Nota : 3,0
.Nota - 03

Ver o post original

26 de Outubro – Criação da Cruz Vermelha

Uma opção esportiva para crianças e jovens!

A Criação da Cruz Vermelha ocorreu em 1863 e teve como principal articulador Jean Henri Dunant.

Close-up of woman having her teeth examined A organização conhecida como Cruz Vermelha foi criada no ano de 1863, em Genebra, Suíça. Arte e Designer Brasileirinho 

Comitê Internacional da Cruz Vermelha é uma instituição de caráter internacional com fins humanitários e beneficentes. Sua origem remonta ao contexto das guerras nacionalistas do século XIX, em que a tecnologia bélica (que começava a ficar sofisticada nessa época) passava a produzir, a cada batalha, milhares de mortos e feridos, sem haver, no entanto, recursos necessários para tratar desses últimos, que morriam à míngua nos campos de batalha.

A ideia da criação de uma entidade que tivesse a missão de prestar, principalmente, serviços médicos aos feridos de guerra, fossem combatentes, fossem civis, partiu dos suíços Jean Henri Dunant Gustave Moynier no ano de 1863. Dunant…

Ver o post original 308 mais palavras